EBOOK

Cultura e Opulência do Brasil: João Antônio Andreoni e sua obra


€ 49,90
 
kartoniert
Lieferbar innerhalb von 2-3 Tagen
November 2015

Beschreibung

Beschreibung

Em 1711 foi publicada a obra "Cultura e Opulência do Brasil por suas drogas e minas" do jesuíta João Antônio Andreoni (1649-1716). Essa obra foi composta entre 1693 a 1709 e dirigia-se aos senhores de engenho, lavradores do tabaco e aos mineiros da América Portuguesa. A obra tratou das principais atividades econômicas da colônia: o açúcar, o tabaco, as minas, a pecuária e outros contratos reais. Andreoni valorizou em seu livro o papel da agricultura (açúcar e tabaco) em detrimento das descobertas das minas no século XVIII. O discurso do jesuíta representou os interesses da elite colonial sustentada e legitimada socialmente pelas lavouras do açúcar e do tabaco. Esse grupo poderia ser prejudicado na visão de Andreoni pela descoberta das minas. Teria sido Andreoni um homem a frente de seu tempo que notava que os interesses ligados ao econômico faziam mais sentido do que as questões propriamente religiosas? Não. Andreoni foi um homem inserido em uma gama de relações sociais constituída por religiosos e autoridades régias. Ele percebeu algumas mudanças no jogo político da colônia e buscou harmonizá-las segundo sua concepção de mundo onde a razão divina regia o corpo político colonial.

Portrait

Bruna Rodrigues dos Santos é licenciada e mestre em História pela UFRRJ. A autora defendeu sua dissertação em junho de 2015 tendo como objetivo investigar a obra do jesuíta João Antônio Andreoni: "Cultura e Opulência do Brasil por suas drogas e minas", escrita no início do século XVIII na América Portuguesa.
EAN: 9783841707888
ISBN: 3841707882
Untertitel: Século XVIII. Paperback. Sprache: Portugiesisch.
Verlag: Novas Edições Acadêmicas
Erscheinungsdatum: November 2015
Seitenanzahl: 116 Seiten
Format: kartoniert
Es gibt zu diesem Artikel noch keine Bewertungen.Kundenbewertung schreiben